• O Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, é a única instituição existente na Região Autónoma da Madeira que proporciona formação acreditada ao nível da formação profissional de Nível IV nas áreas da Música, Teatro e Dança, e que atribui a dupla certificação (secundário e ensino profissional). Trata-se de uma escola de ensino artístico que sempre evidenciou relevantes competências na área da mobilidade estudantil, graças aos contactos que tem vindo a estabelecer ao longo dos anos com outras instituições europeias. Estes contactos têm facilitado o estabelecimento de parcerias, proporcionando aos formandos que recebem e que enviam, experiências muito enriquecedoras com outras realidades/exigências e com outros profissionais das áreas artísticas.
    O Conservatório possui uma experiência de mais de dez anos no âmbito de programas europeus, nomeadamente:
    Programa Leonardo da Vinci:
    Dois projetos – um de 2006 a 2008 e outro de 2008 a 2010, tendo o CEPAM obtido uma avaliação de excelência.
    Programa Erasmus+ 2014-2020:
    Projeto Music Without Frontiers de 2014 a 2016 direcionado aos formandos do Curso Profissional de Instrumentista (Nível IV), em parceria com a Polónia (Conservatório de Varsóvia), Finlândia (Conservatórios das cidades de Helsínquia, Lahti e Joensuu) e Estónia (Conservatório de Talin) abrangeu um total de vinte e cinco alunos e seis técnicos como acompanhantes (inicialmente previsto para vinte e um alunos e dez acompanhantes).
    Projeto United by Arts de 2016 a 2018 direcionado aos formandos dos Cursos Profissionais de Instrumentista, Teatro e Dança Contemporânea (Nível IV), em parceria com a Polónia (Conservatório de Varsóvia), Finlândia (Conservatórios das cidades de Helsínquia, Lahti e Joensuu), Estónia (Conservatório de Talin), Espanha (Conservatório de Toledo) e o Reino Unido (Glasgow Kelvin College na Escócia) para um total de sessenta e três alunos e doze técnicos como acompanhantes.
    Projeto United by Arts II foi submetido no dia um de fevereiro de 2018, estando em processo de avaliação pela Agência Nacional do Erasmus+. Este projeto pretende abranger dois anos letivos 2018/2019 e 2019/2020, para um total de setenta e cinco formandos e catorze docentes, estes últimos em regime job shadowing, e pretende envolver onze instituições europeias (três da Finlândia, uma da Estónia, uma da Polónia, três de Espanha e três de Itália).
    O Conservatório considera que o facto de proporcionar aos seus formandos a possibilidade de realizarem formação/estágios fora da Região, e particularmente noutro país europeu, é condição sine qua non no seu desenvolvimento estudantil, já que, vivenciar outras experiências profissionais, contactar com outros profissionais e com outros públicos, com diferentes graus de exigência, experimentar novas metodologias e técnicas, são primordiais para o desenvolvimento de competências profissionais e aquisição de novos métodos e conhecimentos fundamentais para o seu currículo formativo, nas áreas da música clássica, teatro e dança, tendo em vista a garantia do sucesso no ensino superior e/ou no acesso ao mercado de trabalho. O resultado de todo o esforço que o CEPAM tem vindo a realizar neste domínio, é o facto dos alunos formados pelo Conservatório terem vindo a integrar-se com sucesso nos níveis mais avançados de ensino, nomeadamente no ensino superior, e no mercado de trabalho, quer no país, quer fora de Portugal.