Conservatório da Madeira congratulado pela Assembleia da República

O Conservatório – Escola das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, viu aprovado pela Assembleia da República o voto de congratulação pelo seu septuagésimo quinto aniversário, proposta que foi apresentada através do projeto de voto n.º 700/XIV/3.

A aprovação do projeto de voto n.º 700/XIV/3 (PSD) – ‘De congratulação pelo septuagésimo quinto aniversário do Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng. Luiz Peter Clode’, foi realizada na reunião de 23 de novembro de 2021, da Comissão de Educação, Ciência, Juventude e Desporto. Foi aprovada por unanimidade pelos deputados do PS, do PSD, do BE, do PCP, encontrando-se ausentes os deputados do CDS-PP, do PAN, do PEV e da IL. Recentemente, o voto foi publicado no Diário da Assembleia da República (II Série, Subsérie B) no endereço eletrónico https://www.parlamento.pt/DAR/Paginas/DAR2Serie.aspx, em ‘Sumários de A a Z – II Série B’.

Clique na imagem para descarregar o documento original. Conheça abaixo o texto do voto:

PROJETO DE VOTO N.º 700/XIV/3.ª

DE CONGRATULAÇÃO PELO SEPTUAGÉSIMO QUINTO ANIVERSÁRIO DO CONSERVATÓRIO – ESCOLA PROFISSIONAL DAS ARTES DA MADEIRA, ENG. LUIZ PETER CLODE

O Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, é um estabelecimento de ensino profissional especializado nas diferentes áreas das artes performativas, música, teatro e dança. Fundado em 1946, por iniciativa do Eng.º Luiz Peter Clode no Funchal, a então «Academia de Música da Madeira», mais tarde convertida em «Academia de Música e Belas Artes da Madeira» tem desenvolvido ao longo dos seus setenta e cinco anos, um trabalho de enorme qualidade, com profissionais de excelência e enormes talentos não só no País mas também pelo mundo fora. Com a conquista da autonomia político-administrativa da Região Autónoma da Madeira a «Academia de Música e Belas Artes da Madeira» converteu-se no Conservatório de Música da Madeira. Em 1986, o ensino da música é regionalizado, ficando sob a tutela da Secretaria Regional de Educação e passa a chamar-se Escola Secundária de Ensino Artístico. Em março de 2000, e por necessidade de se criarem nesta Região, cursos profissionais nas diferentes áreas das artes performativas, constitui-se o Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira que para além de continuar a lecionar os cursos tradicionais de Conservatório, ministra cursos profissionais que proporcionam aos alunos certificados de habilitação profissional de nível IV, equivalência ao 12.º ano e o acesso ao ensino superior. Os alunos do Conservatório beneficiam de uma oferta de ensino inigualável na Madeira, contando com doze polos e núcleos espalhados pelos vários concelhos da ilha e um núcleo na Ilha do Porto Santo. No Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, nome que adotou em 2004 em homenagem ao seu fundador, realizam-se regularmente audições escolares, concertos, espetáculos de dança e de teatro, cursos de aperfeiçoamento nos diversos instrumentos, workshops de jazz e de dança. Setenta e cinco anos é justo, homenagear todos aqueles(as) que tiveram responsabilidades nesta área, todos os profissionais de ensino e todos os colaboradores, os seus alunos e respetivas famílias que contribuíram e contribuem para a qualidade e excelência do seu ensino. A Assembleia da República expressa nesta data um voto de congratulação e a sua profunda admiração pelo trabalho de excelência desenvolvido pelo Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, Eng.º Luiz Peter Clode, em prol da cultura e da educação artística em Portugal.

Assembleia da República, 12 de novembro de 2021.

As Deputadas e os Deputados do PSD: Sara Madruga da Costa — Ricardo Baptista Leite — Paulo Rios de Oliveira — Sérgio Marques — Paulo Neves — Fernanda Velez — Carlos Silva — Cláudia Bento — Alexandre Poço — Eugénia Duarte — Joana Barata Lopes — Cláudia André — Firmino Marques — Isabel Lopes — João Moura — Olga Silvestre — Ilídia Quadrado — Rui Silva.